GuidePedia

0

Técnico acreditava que peruano atuaria por 45 minutos, mas ele foi até o fim.

O técnico do Flamengo, Reinaldo Rueda, comemorou a classificação sobre o Botafogo na Copa do Brasil e exaltou a entrega dos jogadores, especialmente Guerrero, que era dúvida até minutos antes do jogo, e atuou por noventa minutos.
— Quero felicitar o departamento médico e todos os fisioterapeutas, que tornaram possível a recuperação de Paolo. E o profissionalismo dele. Queria jogar, queria jogar. Se não pudesse estar teríamos alternativas. Pensei que jogava só um tempo, mas suportou bem. Apesar de vários dias sem treinar — afirmou Rueda.
O técnico projetou a decisão com o Cruzeiro e disse que o clima agora é de pés no chão e trabalhar com mais calma.
— É um clássico transcendental, e passamos á final. Agora a decisão é com um adversário com um bom trabalho. Precisavamos de muita intensidade para vencer hoje (quarta-feira). E foi muito merecido, por essa entrega, esse coração, essa mística que colocaram em campo — afirmou o treinador.
— O compromisso é seguir melhorando. A semana foi muito intensa. Mas o grupo foi muito profissional. Com grande entrega. Temos que assimilar o resultado. Saber que não ganhamos nada. Temos um rival que fez um grande torneio e será uma grande final - completou.
O técnico, por fim, se disse impressionado com a torcida do Flamengo.
— É algo único, é um patrimônio muito grande — sentenciou.
Por fim, Rueda comentou sobre o conhecimento do elenco do Flamengo.
— A estrutura administrativa do Flamengo, o departamento de inteligência, nos fornece informação precisa e rápida. Pude observar a participação dos jogadores além de Berrio e Cuellar, que conhecia. O clube está se fortalecendo.

Fonte: O Globo

Postar um comentário

 
Top