GuidePedia

0

No total, desde 2009, o Rubro-Negro quitou aproximadamente R$ 130 milhões em dívidas. Eduardo Bandeira de Mello, presidente do clube, comemorou a conquista.

O Flamengo sacramentou na manhã desta segunda-feira (6 de novembro) a saída do Ato 2.772/2003, conhecido como "Ato Trabalhista", oficializando a quitação de mais de 650 ações trabalhistas ajuizadas no Tribunal Regional do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro. Desde 2009, o Flamengo pagou aproximadamente R$ 130 milhões em dívidas. É uma conquista muito importante para o clube, que segue sua política de austeridade e saneamento de dívidas.
Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Rubro-Negro desde 2013, iniciou a reestruturação do clube carioca. Ele comemora o feito. “Foi uma fase complicada em que o Flamengo tinha receitas penhoradas e, graças ao ato, o clube teve fôlego de recuperar suas finanças e normalizar a situação”, disse o mandatário.
Agora com uma base financeira, o Flamengo pode seguir sem o Ato Trabalhista. Caso ocorra alguma condenação ou acordo futuro, os recursos sairão do próprio clube, e não haverá uma nova penhora.


Fonte: Fox Sports

Postar um comentário

 
Top