GuidePedia

0

Ariel Holan divulgou uma carta aberta à torcida do clube argentino informando seu desligamento do comando técnico do Independiente, o que o coloca mais próximo da seleção do Chile.

Campeão da Conmebol Libertadores Bridgestone em 2016 com o Atlético Nacional, o técnico Reinaldo Rueda chegou ao Flamengo no segundo semestre deste ano e colocou a equipe em duas decisões: Copa do Brasil e Conmebol Sul-Americana. Com um currículo acima da média, o colombiano se tornou um dos principais alvos da seleção do Chile, que demitiu Juan Antonio Pizzi logo após a última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.
Porém, mesmo com o forte assédio dos chilenos, ainda existe uma grande possibilidade de Reinaldo Rueda permanecer na Gávea para 2018, e o grande responsável por isso pode ser o Independiente, algoz do clube na decisão da Sul-Americana. Nesta quarta-feira (20 de dezembro), Ariel Holan divulgou uma carta aberta à torcida do clube argentino informando seu desligamento do comando técnico.
O comandante disse ‘estar farto de ter que precisar de escolta policial para sair de casa com seus familiares’, mas declarou que ‘tem um amor imenso pelo Independiente’. Agora livre no mercado, o ex-treinador de hóquei tem grandes chances de ser o substituto de Reinaldo Rueda como ‘plano A’ para assumir a seleção do Chile.
Saiba mais:
Por estar livre no mercado e não ter um salário a nível internacional, Holan se torna a opção mais viável e rápida para uma seleção que deve começar um trabalho bastante árduo em 2018 visando a disputa da Copa do Mundo de 2022. Por outro lado, Rueda tem vínculo com o Flamengo até o final de 2018, além de um alto salário. Além disso, com poucas opções no mercado, o time rubro-negro deve fazer ‘o impossível’ para manter o colombiano em seu posto.

Fonte: Fox Sports

Postar um comentário

 
Top