GuidePedia

0

Dono do melhor ataque do Brasileiro, Rubro-negro pega o Bahia, no Maracanã, disposto a calar os críticos e manter a liderança.


Rio - Questionado pelas atuações nas duas últimas partidas, o Flamengo tem nos bons números um forte argumento contra as críticas. Ainda assim, na busca por uma vitória para terminar mais uma rodada do Campeonato Brasileiro na liderança, precisará mostrar ainda mais nesta quinta, contra o Bahia, às 16h, no Maracanã, para agradar a sua exigente torcida, que novamente vai comparecer em peso: já foram vendidos mais de 40 mil ingressos.
Ao iniciar a rodada como líder, após vencer o Atlético-MG fora de casa e ultrapassá-lo, o Flamengo ouviu críticas por suas atuações na defensiva contra o time mineiro e contra o River Plate, pela Libertadores. O técnico Mauricio Barbieri alegou cansaço dos jogadores por causa da maratona de partidas para a mudança na forma de atuar.
Mesmo sem grandes atuações, o Flamengo tem entregado resultados. No Brasileiro, além da briga pela liderança, tinha o melhor ataque (13 gols) até o início da rodada, só perdeu uma vez, com time reserva, e tem a quarta melhor defesa da competição. Na Libertadores, classificou-se para o mata-mata.
"O Fla teve uma derrota no ano com o time titular. Falar em momento de turbulência ou pressão? Os números não mostram isso. Não vi o time tão pressionado quanto todos falaram. Temos que confiar no trabalho e continuar nesse ritmo para conquistar títulos lá na frente. Estamos crescendo a cada jogo. É claro que nem sempre vamos jogar bem", afirmou Diego Alves.
FORÇA NA RETAGUARDA
Além dos números favoráveis, o Flamengo também tem mostrado grande consistência na defesa, mesmo quando é pressionado, como aconteceu contra o Atlético-MG. Não à toa, nos últimos 11 jogos, o time só levou gol em dois, sendo que foi a campo com reservas contra a Chapecoense (o outro foi no clássico com o Vasco). Um desempenho para dar tranquilidade quando o Rubro-Negro não consegue ter a posse de bola.
"A parte defensiva teve uma melhora notável. A confiança aumentou. É um mérito muito do Mauricio fazer com que o time saiba sofrer nos momentos necessários. Não será todo jogo que teremos o controle da bola. A defesa bem faz o time evoluir em outros setores", disse o goleiro.

Fonte: O Dia

Postar um comentário

 
Top