GuidePedia

0
Flamengo entra em campo nesta quarta-feira (26), para enfrentar o Corinthians, pelo segundo e decisivo jogo da Copa do Brasil. 





Na visão de Caio, jogador grande tem que aparecer em jogos decisivos. Além disso, o comentarista afirmou que Vitinho é um bom jogador e a torcida tem que valorizar. Ele usou o exemplo de Everton Ribeiro, que oscilou na temporada de 2017 e tem se firmado como um dos principais atletas do elenco rubro-negro neste ano.

— Jogador grande tem que aparecer nesse momento. Se formos puxar pela memória, vamos lembrar que o Everton Ribeiro, assim que chegou, não rendeu o que esperávamos e chegou até a ficar no banco de reserva. Acredito que seja isso que esteja acontecendo com o Vitinho. O Vitinho é um garoto muito promissor, ele veio para substituir o nosso maior craque do ano, que era o Vinicius Junior. Então, acho sim que temos que confiar. Na história do Flamengo, já passamos por muitos jogadores com esse mesmo retrospecto. Já tivemos Hernane Brocador, que foi um dos heróis do nosso último título da Copa do Brasil. Ele era um cara que não rendia e, de repente, entrou e começou a resolver —, disse o comentarista.

Caio Cesar reiterou que Vitinho é um bom jogador e lembrou que o atleta é a contratação mais cara da história do Flamengo. Porém, Cesar ponderou que a cobrança da diretoria tem que existir, pelo preço que foi pago no camisa 14. Caio aproveitou para dizer que os chutes fortes do desportista podem surpreender o goleiro adversário.

— O Vitinho, está mais do que provado, é um bom jogador, é a nossa maior contratação, então temos sim que valorizar, mas também tem que haver uma cobrança da diretoria, pelo preço que foi pago por ele, mas ele pode sim entregar, é um cara que tem um chute muito bom de média ou longa distância, que pode surpreender o Cássio. Então, eu ia sim com ele. Caso não desse certo, eu colocaria o Trauco no segundo tempo, porque o Trauco é um dos nossos líderes de assistência —, concluiu Caio.

Vitinho foi revelado pelo Botafogo e foi vendido para o CSKA Moscou, da Rússia, mas tivera uma passagem por empréstimo pelo Internacional, de Porto Alegre-RS, nas temporadas de 2015 e 2016. O Flamengo pagou dez milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões na cotação da época) para contar com o jogador. Até então, ele atuou em 15 partidas, fez um gol e não deu assistência.


Flamengo e Corinthians se enfrentam na arena do time paulista, em São Paulo, às 21h45 (horário de Brasília). Como o primeiro jogo terminou 0 a 0, qualquer outro empate leva a disputa para os pênaltis. Uma vitória simples classifica o Fla para a final da Copa do Brasil. Na outra chave, Cruzeiro e Palmeiras decidem quem será o outro finalista.


Fonte: Coluna do Flamengo 

Postar um comentário

 
Top