GuidePedia

0
Ricardo Lomba, vice-presidente de futebol na atual gestão e candidato ao mais alto cargo do Rubro-Negro, lançou oficialmente, nesta quinta (25), a sua candidatura pela “Chapa Rosa”, apoiada pelo mandatário Eduardo Bandeira de Mello. 

A reportagem do Coluna do Flamengo esteve presente no evento e obteve detalhes das principais propostas do candidato para o próximo triênio, caso seja eleito.
Um dos assuntos abordados durante o evento foi a questão relacionada à concessão do Maracanã. Em entrevista coletiva concedida após a apresentação das propostas da chapa, o dirigente foi sucinto e afirmou que, caso não haja acordo com a empresa que administra o palco, o Fla partirá de vez para a procura de terreno e construção de um estádio próprio.
— Temos interesse no Maracanã, até pela identificação que a torcida e o clube tem com o estádio. É um estádio pronto, muito bem localizado e com acessibilidade muito fácil. Mas existem alguns problemas estruturais grandes que a gente precisa reverter. Se tivermos oportunidade de pegar o Maracanã, com a concessão e que permita fazer investimentos, será uma opção. Caso não seja possível, a gente abandona definitivamente o Maracanã, compra um terreno e investe em um estádio próprio. Essa é uma demanda que não ficará sem resposta. Já pretendemos nos posicionar sobre estádio no início da gestão.
Lomba ainda informou que a atual diretoria já iniciou reuniões com o objetivo de discutir o planejamento para a próxima temporada, deixando claro também que o clube contará, pela primeira vez, com uma quantia considerável para realizar contratações na janela de início do ano.
— Mesmo que a gente não esteja na gestão, seria muito irresponsabilidade o Flamengo ficar parado por conta das eleições. Então já iniciamos reuniões para tratar do planejamento para 2019. O grande diferencial é que , pela primeira vez, nós teremos um caixa robusto no início do ano, que irá nos permitir fazer uma janela de início de ano boa, com contratações boas e que a gente possa fazer uma pré-temporada com o elenco completo. Eu acho que esse pode ser o grande diferencial.
CONFIRA MAIS TRECHOS DA ENTREVISTA CONCEDIDA POR RICARDO LOMBA:
Estádio da Gávea
O estádio da Gávea está lá. Temos problemas estruturais na arquibancada, mas já estamos fazendo as obras. Elas serão realizadas em três etapas, e a primeira já está sendo feita. Assim que a arquibancada estiver com condições de receber a torcida e que se tenha segurança para abrir a Gávea, a nossa ideia é fazer treinos abertos para a torcida em situações pontuais e trazer a base para jogar lá à noite.
Presença de Márcio Braga
Eu acho que o Márcio Braga representa muito para o Flamengo. Foi um grande vencedor e um ex-presidente que merece todas as nossas reverências. Fiquei muito feliz de tê-lo aqui, ouvimos as suas propostas, cheguei a conversar também com ele algumas vezes. Ouve a tentativa de união, mas acho que estamos com um prazo muito curto para isso.

Peso do desempenho da equipe na reta final da temporada para as eleições do clube
O Futebol mexe muito com a nossa paixão. Há associados no clube que não possuem muito conhecimento político e se deixam influenciar pelos resultados do futebol. É lógico que queremos muito que o Flamengo ganhe, mas eu acho que a política do clube vai além disso. O Futebol tem um peso forte, mas há outras coisas também que devemos considerar. 

Capacidade para estádio próprio
Não dá para imaginar construir om estádio para o Flamengo com menos de 45 mil torcedores. Então vai ser nessa ordem de grandeza.

Maior aprendizado na gestão Bandeira de Mello
O aprendizado se deve à vivência das coisas, em todos os aspectos. Quando mais você se envolve, mais possibilidades você tem de errar, porém mais possibilidades você tem de conhecer. Então foi essa a evolução. São seis anos no Flamengo, com muitos acertos. Acho que com muitos mais acertos do que equívocos. Mas esses equívocos aconteceram em diversas áreas. Todos devem servir de aprendizado. Como a gente coloca na chapa, a gente quer avançar mais e tem que ser em cima desses aprendizados.

Nome para assumir a vice-presidência de futebol
Já temos um nome. Vamos divulgar oportunamente por questões profissionais. Ele me pediu que não fizesse a divulgação ainda. Mas já está definido o nome. 

Diego Alves relacionado ou não?
Mais uma vez eu vou pedir a compreensão de todos (jornalistas), mas estamos muito focados no jogo contra o Palmeiras. O Flamengo vem de três resultados excelentes, então temos que estar focados absolutamente no desempenho dentro de campo. Qualquer coisa que não seja referente ao nosso desempenho iremos tratar internamente. 
Título e permanência de Dorival Júnior para 2019
Com o Flamengo campeão, nós vamos comemorar muito, e aí depois vamos ver o que vai acontecer. Temos que comemorar primeiro, se for campeão, para depois tratar desses assuntos.




Ricardo Lomba tem como principal adversário no pleito Rodolfo Landim, que concorre à presidência do Flamengo pela chapa “UniFla”. Os demais candidatos ao cargo são Marcelo Vargas e José Carlos Peruano. Todos eles confirmaram presença para o principal debate entre os presidenciáveis do clube, promovido pelo Coluna do Flamengo e Blog Ser Flamengo. O evento ocorre na próxima sexta (26), às 21h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no Youtube.



Fonte: Coluna do Flamengo 

Postar um comentário

 
Top