GuidePedia

0
Contratado para recolocar o Flamengo na briga pelo título brasileiro, treinador terminará a curta passagem com bom aproveitamento e um time que evoluiu sob o seu comando



Dorival Júnior não levou o Flamengo à conquista do título brasileiro, porém, independentemente do resultado do jogo contra o Atlético-PR, domingo, o técnico terminará a temporada em alta no comando do Rubro-Negro.

Nas 11 partidas que comandou até o momento, Dorival tem 73% de aproveitamento dos pontos disputados, elevou o desempenho de certos jogadores e fez com que o time terminasse o ano em uma boa fase - apesar do vice-campeonato.

Por ora, no entanto, a permanência de Dorival Jr na Gávea em 2019 ainda é improvável. O clube passa por eleições no mês de dezembro e outros nomes são os favoritos das chapas que concorrem ao cargo presidencial do Flamengo.

Há algumas semanas, dois nomes já são tratados como preferidos na Gávea: Abel Braga, que deixou o Fluminense em junho, e Renato Gaúcho, atual técnico do Grêmio. Nenhuma das chapas confirma negociações com nomes, por ora. A 
Dorival Júnior assumiu o comando da equipe na 27ª rodada, quando o Flamengo ocupava a quarta posição com 48 pontos, atrás de Internacional (50), São Paulo (50) e Palmeiras (51).

A distância era curta, mas o Rubro-Negro vivia um momento de baixa, vindo de eliminações na Copa do Brasil e Libertadores, enquanto o líder estava em viés de alta desde a chegada do treinador Felipão.

Sob seu comando, o time do Flamengo adotou um estilo de jogo mais direto, mas sem perder o "gosto" pela posse de bola. A mudança de postura em campo - cobrada pela direção e torcida  antes de sua chegada - também foi perceptível na maior parte dos jogos, o que influenciou nos resultados: sete vitórias, três empates e só uma derrota (para o Botafogo, no Nilton Santos).


Apostando na manutenção de uma equipe titular, Dorival também conseguiu que nomes como Vitinho, Uribe e Willian Arão tivessem uma boa sequência no time principal, além de dar confiança a Berrío, César e Rhodolfo, atletas que saíram do banco e tornaram-se opções importantes nesta reta final de ano.



Fonte: Lance

Postar um comentário

 
Top