GuidePedia

0

Através de nota oficial, treinador manda recado para diretoria e prevê futuro glorioso para o clube



A coletiva de Rodolfo Landim, no Ninho do Urubu, nesta quarta-feira, teve reação rápida de Abel Braga. Através de nota oficial da assessoria, o treinador desabafou, elogiou o grupo rubro-negro e fez previsão de uma estrada gloriosa para o clube.

O trecho de maior destaque ficou direcionado para a diretoria. Abel afirmou estar preparado para pressões e apontou "covardia e articulações" durante o período no Flamengo.

- Jamais vou esquecer esse grupo, competitivo e dedicado ao extremo. São homens de caráter, prontos para conquistar grandes títulos esse ano. Sempre soube que eles dariam a resposta em campo. Foi uma despedida emocionante. Quero aproveitar para agradecer em público a cada um deles, além de cada integrante da comissão técnica e funcionários. E também a grande Nação de torcedores.

Na vida, seja na minha carreira de jogador ou de treinador, sempre estive preparado para as grandes pressões e os grandes momentos. Sempre me dei bem com isso. E me habituei a encarar esses desafios de cabeça erguida. Mas jamais estive preparado para covardias e articulações. O que não suporto é traição.

- Eu me senti sem respaldo, isolado em certo momento. O que posso afirmar é que o Flamengo é muito maior do que tudo isso. O clube vai brilhar por tudo que plantou nesses últimos anos, por esse terreno fértil, por sua grandeza.

Após a coletiva de Landim, em rápido contato com a reportagem do GloboEsporte.comAbel lembrou o duelo contra o Peñarol, no Uruguai, pela Libertadores, e falou em "respeito e confiança".

- O que posso dizer é que sempre estive preparado para as grandes pressões. Quer pressão maior do que a que tivemos lá no Uruguai, contra o Peñarol? Outra coisa, confiança e respeito a gente conquista. E a confiança, quando perdida, nunca se tem de volta.

ENTENDA A SAÍDA

Abel pediu demissão na manhã desta quarta-feira em conversa com a cúpula do clube por telefone. No entanto, sua saída foi tratada como oficial apenas depois de uma conversa com o presidente Rodolfo Landim e os jogadores no Ninho do Urubu, à tarde, no horário do treinamento.

Instantes após Abel Braga comunicar o pedido de demissão e se despedir do elenco no Ninho do Urubu, o presidente Rodolfo Landim conversou com os jornalistas e afirmou que o Flamengo começou hoje a busca por um novo treinador. O português Jorge Jesus, ex-Benfica e Sporting, é o favorito para assumir o cargo após a Copa América.
Abel Braga voltou ao Flamengo no início deste ano, após passagem em 2004. Na atual temporada, são 32 partidas, 19 vitórias, oito empates e cinco derrota, com 59 gols marcados e 29 sofridos. Com o treinador, o Rubro-Negro conquistou a Flórida Cup, a Taça Rio, o Campeonato Carioca, classificou às oitavas de final da Libertadores, venceu o primeiro jogo das oitavas da Copa do Brasil e está em sexto no Brasileirão.

Fonte: Globo Esporte (GE)


Olha esse desconto nação.

https://hotm.art/hbtxwaML


Postar um comentário

 
Top