GuidePedia

0

Renê elogia técnico e diz que jogadores têm parcela de culpa. Abel recebeu apoio dos atletas no gramado do Maracanã, no domingo. Time se reapresenta na manhã desta terça-feira



O apoio do elenco do Flamengo a Abel Braga não se restringiu ao apito final da vitória sobre o Athletico-PR, no domingo. Nesta terça, durante a reapresentação no Ninho do Urubu, Renê foi o porta-voz e e saiu em defesa do treinador, pressionado e vaiado pela torcida, devido ao desempenho nos últimos jogos.

- Sabemos que temos nossa parcela de culpa. Nós que jogamos, entramos em campo. O treinador faz o trabalho dele nos treinos durante a semana e escala. Quando a torcida fala com nosso treinador, fala com todos nós. Ele nos ajuda, nos dá apoio, confiança. Nós que entramos em campo que podemos fazer essa relação da torcida com o treinador melhorar - disse Renê.

esponsável pela assistência para Rodrigo Caio no lance que deu a virada ao Flamengo no domingo, o lateral reforçou o apoio a Abel e disse que não notou diferença no comportamento do treinador.

- O Abel está normal. Não notei diferença. Tem uma força incrível, ainda mais depois de tudo que passou na vida. Nos dá mais força do que precisa de força. Talvez fique um pouco triste por não demonstrarmos o melhor futebol. Estamos juntos e tudo vai dar certo.

Outros trechos


Viradas, gols e defesa
Ano passado nosso time não virava jogos. Agora, virou. Falavam que não criávamos muito. Agora, somos um dos melhores ataques do Brasil. Sabemos que podemos melhorar na zaga, estamos trabalhando nisso. Às vezes, é uma falta de atenção, uma cobertura, um posicionamento do companheiro. Vamos trabalhar para minimizar esses erros.

Confusão pós-jogo
No jogo acontecem coisas que vocês da imprensa acabam não vendo ou ouvindo. Eles falaram muita graça, falaram até piada com o Bruno Henrique. Depois da vitória, vi que o Bruno foi bater boca com o zagueiro, o Lincoln estava envolvido. No túnel, até houve empurra-empurra. A preocupação acho que foi de todo mundo tirá-lo dali com medo de perdê-lo pelo próximo jogo.

Desempenho e erros
Melhorar precisamos sempre. Sabemos que não fizemos um jogo como esperávamos. Poderíamos jogar muito mais do que jogamos. Voltamos a cometer erros que tínhamos conversado. O importante foi que o time não desistiu. E o professor falou que mesmo que as coisas não acontecessem não podíamos desistir. Somos cobrados por um bom futebol, mas também por vitórias.

Cobrança exagerada?
Se for pensar por títulos que disputamos e como estamos no momento, é um pouco injusto. Mas se formos ver o tamanho do Flamengo, é algo natural. Sabíamos que a cobrança seria maior com os reforços. Futebol são 11 contra 11. A cobrança é maior por ser Flamengo. Sabemos do tamanho da torcida e do que o clube espera.


Fonte: Globo Esporte (GE)

Postar um comentário

 
Top