GuidePedia

0

Colombiano engrossa lista que já tinha Paquetá, Diego e Gabigol eternizados. Curiosamente, o próprio volante foi cliente do mesmo tatuador no último fim de semana


"Ah, se a moda pega!". Já pegou! E chegou a vez do xodó da torcida do Flamengo ser eternizado na pele de um torcedor. Depois de Lucas Paquetá, Gabigol e Diego, Gustavo Cuéllar teve o rosto tatuado neste sábado na coxa do rubro-negro Rafael Madruga.
O morador de Inhaúma procurou Gustavo Gomes para sessão que durou cerca de 10 horas neste sábado para fazer a homenagem ao colombiano. Curiosamente, o tatuador é o mesmo que atendeu o próprio Cuéllar há uma semana para marcar no ombro a imagem de um leão e também já atendeu ex-jogadores rubro-negros, como Everton, Felipe Vizeu e Paquetá.

Em enquete em sua rede social, Gustavo chegou a perguntar quem deveria ser o próximo jogador tatuado por um torcedor, e foi Cuellar quem ganhou quase que por unanimidade. Rafael Madruga foi o mais rápido na tomada de decisão e explicou o motivo:

- O cara é raça, é Flamengo, ama a camisa. Vai ficar para sempre agora.

A arte foi feita em cima de uma foto de Alexandre Vidal, fotógrafo oficial do Flamengo, tirada recentemente, durante ensaio com todo elenco rubro-negro. Queridinho da torcida, Cuellar está no clube desde 2016, disputou 155 jogos, marcou dois gols e levantou dois títulos estaduais, em 2017 e 2019.

Neste domingo, o volante desfalca a equipe contra o Athletico-PR, às 16h (de Brasília), no Maracanã, pela sexta rodada do Brasileirão. Com sete pontos, o Flamengo é o nono colocado na tabela.

Fonte: Globo Esporte (GE)



Postar um comentário

 
Top